sexta-feira, 25 de abril de 2014

A Copa da Árvore


A Copa da Árvore foi um jogo comprado pelo preço. A primeira vez que o vi, achei que fosse só mais um dos inúmeros baralhos temáticos da Copag. Então, um dia vi ele sendo jogado no Castelo das Peças e me surpreendi ao descobrir que era um "jogo de verdade". Passou o tempo, estava na Livraria Cultura e dei de cara com ele, trouxe para casa. 

A Copa da Árvore é um jogo competitivo de 2-4 pessoas feito pelo Renato Sasdelli da Galápagos Jogos, o objetivo é fazer pontos montando árvores. Como assim? Cada carta do jogo é um pedaço diferente da árvore, são 5 níveis que vai desde a raiz até a copa. Cada jogador começa apenas com o tronco e um pássaro. As cartas de tronco são separadas e formam uma pilha separada do restante das outras cartas. Só é possível pegar um tronco para começar a outra árvore depois de terminar uma, então é descartada uma copa com flores ou frutos para a formação dessa nova árvore.

No inicio do jogo, cada jogador recebe duas cartas e outras duas vão ficar abertas da pilha de compras. O primeiro passo do turno é comprar cartas, é possível comprar uma das que estão abertas, uma fechada da pilha ou descartar uma carta da sua mão para descartar as que estão abertas e abrir duas cartas novas e aí sim comprar de uma das duas formas anteriores.


O próximo passo é baixar uma carta da sua mão na árvore ou passar o turno se não tiver nenhuma carta possível de ser baixada, nenhuma que se encaixe no andamento atual da árvore ou então se simplesmente quiser guardar a carta para outro momento. 

Uma coisa muito legal é o pássaro, mas ele só poderá ser utilizado quando sua árvore tiver a carta de galho com ninho e além disso é necessário ter a carta de voo. Mas por que o pássaro é tão legal? Ele rouba as copas com frutas das árvores adversárias. Não é porque o jogo é ecológico que não vai rolar sacanagem com o coleguinha.



Como se defender do pássaro? Galho com cobra. Copas com frutas ligadas a galho com cobra mesmo que indiretamente não podem ser roubados pelo pássaro. O problema é que esse tipo de galho não vale ponto algum. 


 Ao contrário desse, o galho com colmeia é o que vale mais ponto, porém a árvore não pode ter nenhum copa com flores. Raiz também vale bastante ponto, mas cada árvore só pode ter uma. Outra forma de obter bastante ponto é com copas de frutas iguais.


O jogo acaba quando a pilha de compras chega ao fim ou quando, para 2 ou 3 jogadores, é completada a 3ª árvore e, para 4 jogadores quando é completada a 2ª árvore. As cartas acabaram e não conseguimos completar nossa 2ª árvore, apesar do Felipe ter chegado bem perto, mas também eu usei muito a ação de descartar carta, porque no inicio do jogo minha mão estava muito ruim.


Joguei só com o Felipe, mas achei bem rápido e divertido. Ele não achou tão divertido porque depenei a copa da árvore dele toda. A segunda árvore, ele colocou com vários galhos de cobra, mas aí o estrago já estava feito. É um ponto pela copa roubada e mais um ponto pela carta de voo. 

Felipe reclamou do material das cartas, ele achou que mesmo sendo de material reciclado, elas poderiam ser de melhor qualidade. Ficou falando que vai ter que sleevar tudo senão vão se desfazer. Achei exagero, ele quer sleevar o universo inteiro. A única reclamação que tenho é sobre a caixa que não acomoda muito confortavelmente as cartas. È sempre uma bagunça para tirar e colocar as cartas lá dentro.

Hoje a Copag está com frete grátis, então vai comprar aquele Battle Scenes maroto, compra também A Copa da Árvore. É um jogo bem bacana para adultos e crianças, além disso parte do valor da venda é revertido ao Instituto Brasileiro de Defesa da Natureza. Quem disse que jogos educativos precisam ser chatos?

Ah! Já ia esquecendo, o jogo vem com uma carta semente para plantar. Isso é muito legal, apesar de ainda não ter plantado a minha. Mas vou plantar e se tudo der certo (não sou muito boa com plantas) coloco uma foto aqui para vocês.


Uma última coisinha, amanhã é dia de Castelo das Peças, o maior e mais antigo evento de jogos de tabuleiro do RJ, que ocorrerá na Universidade Veiga de Almeida - Campus Tijuca no horário de 9:00 da manhã às 17:30 da tarde. A participação é livre, só chegar e jogar. XD

Nenhum comentário:

Postar um comentário